Após perseguição, mulher morre baleada na cabeça no Educandos

De acordo com relatos dos moradores, o crime foi um acerto de contas pela morte de um homem supostamente encomendada por Cristina.

Manaus – Uma mulher de 23 anos foi morta com um tiro na cabeça na noite de sexta-feira (15) na avenida Rio Negro, no bairro Mauazinho, zona Leste de Manaus.

Segundo testemunhas, Cristina Martins da Silva foi perseguida por dois homens que atiraram mais de dez vezes em direção à mulher. Ela ainda tentou se esconder em um mercadinho, mas caiu vitimada por um tiro na cabeça.

Duas balas perdidas atingiram na perna outros dois moradores do bairro que já passam bem.

De acordo com relatos dos moradores, o crime foi um acerto de contas pela morte de um homem supostamente encomendada por Cristina.

O crime ocorreu próximo à quarta base de policiamento integrado, e, segundo moradores, havia somente um policial de plantão no momento dos disparos. A identidade dos atiradores ainda é desconhecida.

Mais tiros

George Soares, 33 anos, autônomo, deu entrada às dez e meia da noite de sexta-feira (15) no Instituto Médico Legal (IML), após morrer no Hospital 28 de agosto vítima de quatro tiros. Os disparos ocorreram por volta de oito e meia da noite na rua Inácio Guimarães no bairro Educandos, zona Sul de Manaus.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES